Segunda-feira, 14 de Junho de 2004

Crónicas Barcelonistas 11 - Carnaval catalão

Como já disse na crónica número 10 no Sábado decorreu por aqui, no Passeio da Gracia (a Av. Da Liberdade aqui da zona), um desfile de carnaval. Isto de fazer um desfile de carnaval em pleno mês de Maio não passa pela cabeça de ninguém, mas quando ouvi falar nisto fiquei logo de orelhas no ar. Desfile de carnaval, samba, brasileiras a sambar, estão a ver, é sempre um programa cultural a ter em conta, é que gosto muito de ver dançar e os brasileiros e principalmente as brasileiras é que têm muito ritmo, só por isso, o que é que já estavam para ai a magicar?
O desfile foi uma grande desilusão ora vejam: A abrir o desfile vinha uma fila de brasucas (não se pode dizer bicha?), vestidos de amarelo e transportando um espécie de dragão chinês mas sem cabeça, seguidos duma dúzias de brasileiros a dançar, a terminar este “enorme” cortejo lá vinha timidamente o único carro alegórico com uns brasileiros e brasileiras em cima que nos olhavam com a maior cara de parvos que pode existir. Mas, mas, mas e onde é que estavam as brasileiras quase nuas a sambar? Onde estava o clima brasileiro que nós sabemos existir nestes desfiles? Ainda por cima no local onde estávamos nem vimos nem ouvimos o Carlinhos Brown a principal e penso que única atracção do desfile, pois este ainda não tinha começado a cantar, enfim uma desilusão total. Para além da dimensão reduzida do cortejo houve ainda mais três coisas espantosas. A primeira foi a enorme confusão de quase 400 mil espanhóis aos encontrões a assistir ao desfile que nos obrigou a andar de uma lado para o outro aos encontrões. Ainda vimos uma senhora numa cadeira de rodas ser quase atropelada pela multidão, “não me tiram daqui” dizia ela em Castelhano, o Hugo ainda ia indo parar ao colo da senhora. A segunda foi a excelente organização, é que conforme o cortejo ia passando pela avenida os elementos da segurança iam empurrando literalmente todo o pessoal para fora da estrada, o que fez com que ficássemos todos como se estivéssemos no metro do Rossio em plena hora de ponta. Agora tentem imaginar o pessoal a tentar sambar nestas condições, era cada pisadela que até fervia. A terceira desilusão foi a musica, então não é que pelo meio das músicas de samba que foram tocando iam passando musica brasileira que não tem nada a ver com carnaval como por exemplo os Tribalistas. Bem mas Tribalistas ainda gosto, mesmo que não tenha nada a ver com carnaval, mas pior que isso foi passarem também musica latina em espanhol e até, imaginem, o hino Catalão. Estou mesmo a ver lá no Brasil no desfile de escolas de samba do próximo ano a escola de samba Os Unidos da Tijuca a dançar samba ao som vibrante do hino Catalão. Estes espanhóis são doidos....
publicado por dancewalker às 23:52
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Invitation to connect on ...

. As minhas fotos no Flickr

. Boas Festas

. Jingle bell

. É Natal

. Que perguiça.

. Ovelhas telefónicas

. E agora em Portugal- Surf...

. Manobras na estação #3 - ...

. Manobras na estação #2 - ...

.arquivos

. Janeiro 2012

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Maio 2007

. Março 2007

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Junho 2006

. Março 2006

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds